27 de Abril de 2017
Cronistas
Luís Jales de Oliveira
Nasceu em 1950. Estudou. Foi à tropa e foi à guerra. É funcionário publico e já foi assessor politico, fez musica , fez jornais . Foi fazendo palestras, conferencias e apresentações. Faz livros (Os segredos da Pirâmide Verde, Rimas Parôlas, Basto, A Rainha de Basto, Ser Mondinense, Corre-me um rio no peito). Fez, durante muito tempo (e ainda faz), animação cultural. Vai fazendo o que se pode.
Excerto da crónica mais recente:
“Permanecia o nevoeiro, a mesma dor pequenina, o rio a correr dentro de mim… ”
[Ler a crónica]




As últimas crónicas: